Site da ECOMM Contacto subscrição anular a subscrição Versão ecran inteiro Site da EPOMM Arquivo de Notícias
 
English version
 
Deutsche version
 
Version française
 
Versión en español
 

14th ECOMM, 5-7 May 2010



ATTENTION: “EARLY BIRD fee” available until Sunday 18th April only!!!
This year the ECOMM will be hosted by the City of Graz, Austria, from 5 to 7 May 2010. Registration is open, but the reduced fee for early registration is only available until Sunday 18th April! All details on programme and organisation is online at the ECOMM website.

“moving people – bridging spaces”

Subtopics are:
  • MM in historical city centres
  • MM for new districts
  • Local, regional and supra-regional Networking
  • MM for all generations
  • New forms of mobility

 

Caro leitor,
A EPOMM criou na sua página electrónica uma secção dedicada aos países, que inclui tanto os estados-membros da EPOMM, como a maioria dos outros países europeus. As páginas dos países são continuamente actualizadas, dado que, no âmbito do EPOMM-PLUS, muitos países estão presentemente a desenvolver ou a melhorar as suas redes nacionais de Gestão da Mobilidade.

As páginas dos países apresentam um Monitor de Gestão da Mobilidade que disponibiliza informação actualizada sobre a Gestão da Mobilidade no país em causa e ligações a um conjunto de casos de estudo inspiradores. Nesta edição, vamos observar mais atentamente o conteúdo dos Monitores de Gestão da Mobilidade, que ilustraremos com alguns exemplos.

 

Governança da Gestão da Mobilidade

Para selecção dos conteúdos dos respectivos Monitores de Gestão da Mobilidade, foi pedido aos parceiros da EPPOM que se centrassem na formulação e execução de políticas e no financiamento de competências no âmbito dos transportes e da mobilidade.

A partilha de competências em matéria de Gestão da Mobilidade entre vários Ministérios – Transportes, Desenvolvimento, Economia e Indústria – constitui uma característica comum à maioria dos países europeus, faltando com frequência uma alocação clara de competências em matéria de Gestão da Mobilidade. O Reino Unido, onde a Unidade para o Transporte Sustentável, do Departamento de Transportes, tem competências exclusivas em matéria de transporte sustentável, constitui uma excepção a esta tendência. Também a Bulgária, onde um funcionário do Ministério dos Transportes e da Administração Local é nomeado responsável pela Gestão da Mobilidade, constitui uma excepção.

As competências relativas à Gestão da Mobilidade não são partilhadas apenas horizontalmente, são-no também verticalmente, entre instâncias locais, regionais e nacionais. As estruturas locais são frequentemente consideradas as mais adequadas à assumpção de responsabilidades no âmbito da gestão da mobilidade e os governos nacionais tendem a apoiar esta situação. Em França, por exemplo, as autoridades locais beneficiam de um financiamento especial, a contribuição de transporte, destinado ao financiamento de infra-estruturas e serviços de transporte público e ao financiamento da respectiva manutenção. Esta contribuição consiste numa taxa paga pelas empresas localizadas no perímetro urbano que tenham mais de 9 empregados.

 

Execução da Gestão da Mobilidade

O Monitor de Gestão de Mobilidade descreve o estado de desenvolvimento de cada país no domínio da Gestão da Mobilidade e mostra exemplos de iniciativas em que as autoridades públicas têm um papel específico. As medidas de execução cobrem um conjunto de aspectos fundamentais da mobilidade sustentável: planos de mobilidade, centros de mobilidade, Gestão da Mobilidade para eventos, campanhas de sensibilização, utilização colectiva do carro (car-sharing) e partilha de carros (car-pooling), gestão da mobilidade para escolas, …

No que respeita a planos de mobilidade, em especial a França e o Reino Unido dão bons exemplos. A Câmara de Comércio de Grenoble (França) e os seus parceiros disponibilizam desde 2004 às empresas aconselhamento sobre deslocações casa-trabalho sustentáveis. Quatro anos mais tarde, o seu esforço continuado resultou num decréscimo de 4000 carros por dia nos percursos casa-trabalho. Pelo sucesso alcançado, foi atribuído em 2008 a Grenoble o Pan-European Workplace Travel Plan Award (PEWTA) (Prémio Pan-europeu do Plano de Deslocação Casa-Trabalho). Mais informação disponível no site (em francês).

 

Source: http://www.highways.gov.uk

No que respeita à utilização colectiva do carro (car-sharing), a Austria, a Bélgica, os Países Baixos e a Suiça parecem ser os mais avançados. Actualmente, estes países têm um número elevado de utilizadores de carros em regime de utilização colectiva (carsharers) e este número cresce continuamente. Na Bélgica, por exemplo, desde o seu lançamento em 2002, o sistema de utilização colectiva do carro (car-sharing) Cambio abrange 18 cidades e cerca de 10 000 utilizadores. Cada vez um maior número de empresas integram a partilha de carros (carpooling) nos seus planos de mobilidade, de modo a reduzir o número de carros da empresa.

 

Infra-estruturas de conhecimento da Gestão da Mobilidade

As infra-estruturas de conhecimento abrangem as redes, organizações e associações com actividade no âmbito da Gestão da Mobilidade, bem como os peritos, legisladores, páginas electrónicas e documentos relevantes.

Desenvolver uma rede nacional é um factor fulcral para a implementação da Gestão da Mobilidade em cada país. Através de um plano faseado e da troca de experiências, o EPPOMM-PLUS apoia os esforços dos países no desenvolvimento das suas redes nacionais.

Uma das redes em desenvolvimento durante o EPOMM-PLUS é o SWEPOMM da Suécia. Através de vários instrumentos, como a página electrónica SWEPOMM, workshops e uma conferência nacional anual, a SWEPOMM pretende ser o principal fórum para troca de conhecimento e funcionamento em rede (networking), no âmbito da Gestão da Mobilidade na Suécia. A conferência da SWEPOMM, organizada em Março de 2010 conjuntamente com o projecto FLEAT, é um exemplo do potencial decorrente da criação de sinergias entre redes e projectos.

Um primeiro passo para a construção de uma rede é a organização de workshops a nível nacional. A Finlândia realizou, em Março de 2010, um primeiro workshop com resultados promissores e a evidência de um interesse crescente numa maior participação em prol da mobilidade sustentável por parte das autoridades públicas. Mais informação sobre este assunto e outros eventos ao nível do funcionamento em rede (networking) em Allinx.

Monitores de Gestão da Mobilidade ajudarão a desenvolver a Gestão da Mobilidade na Europa

Source: http://www.modalshift.be

O Monitor de Gestão da Mobilidade será actualizado anualmente, de modo a que os países europeus, a EPOMM e quaisquer interessados possam monitorizar os desenvolvimentos. Esperamos que cada país beneficie com a oportunidade de ver a situação no seu próprio país e de observar a situação além fronteiras e de aprender com os sucessos e falhas de outros. A análise comparativa, entre vários países e períodos diferentes, pode servir como base de desenvolvimento e base para a transferência directa de legislação, políticas e melhores práticas de sucesso – do mesmo modo que, por exemplo, o programa austríaco klima:aktiv foi incorporado no programa alemão effizient mobil.

Esperamos que divulgue estes Monitores da Gestão da Mobilidade no seu país. Aguardamos com agrado as vossas reacções, pois gostamos de melhorar.

Os Monitores de Gestão da Mobilidade e uma análise comparativa aprofundada serão apresentados a 6 de Maio no workshop nº. 12 na ECOMM, em Graz.

Outros projectos comunitários no domínio da Gestão da Mobilidade

Existem planos de mobilidade para bébés, crianças que começam a andar e crianças pequenas! Acompanhe desde o início o projecto Bambini sobre socialização da mobilidade - está disponível uma página electrónica interessante.

O projecto BICY une cidades e regiões da Europa Central e visa desenvolver estratégias para aumentar o uso da bicicleta em cidades com uma baixa repartição modal a favor das bicicletas – Veja a sua nova página electrónica.

Esperamos que alguns de vós possam participar no BYPAD-Starter`s-Training 2010, a realizar entre 3 e 5 de Maio de 2010, em Graz, na Áustria – ainda há alguns lugares disponíveis.
 
lept cedex Lebensministerium IMTT
Site da ECOMM Contacto subscrição anular a subscrição Versão ecran inteiro Site da EPOMM Arquivo de Notícias